Buscar

E a brincadeira? Como é bom! 

Atualmente é inegável a importância do brincar no desenvolvimento social, emocional e cognitivo da criança.

No entanto, e apesar do contrassenso que é, as crianças com deficiência têm cada vez menos tempo para brincar, em prol de agendas assoberbadas em atividades extracurriculares, deveres escolares e terapias.

É importante frisar que o brincar e o jogar não se resumem apenas a formas de divertimento e de prazer para a criança, mas são meios privilegiados dela expressar os seus sentimentos e aprender. Por intermédio da brincadeira, a criança explora e reflete sobre a realidade e a cultura na qual está inserida, interiorizando-a.

A experimentação de diferentes papéis sociais (o papel de mãe, pai, bombeiro, super-homem) através do faz-de-conta, permite à criança compreender o papel do adulto e aprender a comportar-se e a sentir como ele, constituindo-se como uma preparação para a entrada no mundo dos adultos. A criança procura assim conhecer o mundo e conhecer-se a si mesma.

Um dos aspectos importante do brincar é o desenvolvimento do raciocínio, da atenção, da imaginação e da criatividade, na medida em que as brincadeiras trazem novas linguagem e ajudam a criança a pensar, se quisermos, a pensar a realidade de forma criativa.

Os benefícios do brincar são inesgotáveis e como tal é muito importante que os pais não se esqueçam de definir na agenda da criança um espaço diário para não fazer nada – é aí que surge o espaço para brincar.

Prepare o espaço, seja um facilitador, doe um pouco do seu tempo e de sua paciência para ensinar a criança com deficiência a brincar, com certeza isso vai gerar benefícios para a criança para os pais, a criança aprenderá a ter cumplicidade, companheirismo e isso trará alegria na casa.

Uma familia que brinca unida atrairá a criança para estudar com a família quando isso for necessário e a levará a sentir prazer de fazer parte desse movimento social familiar, melhorando oralidade e comportamento.

Tenha tempo para a sua criança!

Não terceirize amor e atenção!

Texto e pesquisa: Simone Galvão de França

www.montessoridaycare.com.br

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo