Buscar

Escola e inclusão, o dia a dia na sala de aula, uma dor de cabeça anual.

A criança fica em sala de aula, ociosa, com uma sulfite e canetinhas na mão, pintando todos os dias enquanto os amigos seguem fazendo conteúdo escolar com a professora regente, nenhum material adaptado, nenhum material que possa ensinar a criança conteúdo planejado, nenhum olhar diferenciado para essa pessoa, que está abandonada em sala de aula.

Comportamento da criança piora dia após dia:

Sintomas:

* Bate nos amigos;

* Foge da aula;

* Belisca, grita, faz birra;

* Joga as coisas longe;

* Dorme no chão da sala ou se esconde debaixo da mesa;

* Se distrai com as próprias mãos, ou fica olhando para o nada.

Os pais recebem bilhetes da escola, para resolverem o que a escola deveria resolver, tendo um adulto preparado, ambiente preparado, conhecimento sobre a criança e a Síndrome e como trabalhar com ela em sala de aula, como fazer o material realmente adaptado conforme o conteúdo que está sendo dado em sala de aula, para chamar atenção da criança. Será que é descaso? Desconhecimento? Falta de vontade? Nossos filhos são a minoria nas escolas, por isso, os gestores pensam que não vale o investimento?!!!! Triste realidade, ano após ano a mesma coisa… Link de cadastro para o evento presencial:

https://www.montessoridaycare.com.br/events/montessori-t21-educacao-evento-exclusivo-1a-edicao-2020 Simone Galvão de França

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo