Buscar

Nosso foco é a sua parceria! 

Sim, é verdade que é o cérebro quem ouve! Graças a esse complexo sistema nervoso, podemos sentir com as mãos as texturas dos objetos; podemos sentir com a língua o sabor e textura da comida; podemos identificar tons claros e escuros e as cores com os olhos; podemos também captar os sons, suas nuances e direções do som com os ouvidos. O cérebro é o grande maestro da orquestra corporal. Há um emaranhado de nervos pelo corpo todo, por meio dele o cérebro rege a sua orquestra: o sistema nervoso. O sistema nervoso é responsável pelas ações sensoriais de tato, olfato, paladar, visão e audição! Quando me perguntam pq a maioria dos Downs tem problemas de fala, temos q lembrar onde está a origem da deficiência intelectual. No cérebro, onde tudo é controlado. O estímulo motor na fisioterapia é muito necessário, mad e o estimulo cerebral? Pouca gente se lembra, vamos ver os resultados e começar a correr atrás as vezes um pouco tarde, o ideal é trabalhar o cérebro desde os primeiros dias de vida até os 7 anos de idade e depois dessa idade, avançarmos em consolidar aquilo que fizemos. O andar é fácil ver, muitos pais olham fisicamente o que precisa melhorar e se preocupam muito com o andar, mas o cérebro está amadurecendo silenciosamente e é nele que Montessori trabalha de forma globalizada, fazendo uma base sólida para uma construção da segunda infância e da maturidade segura. Sensorial e oralidade em bebês. Oralidade, comportamento, estimulação de pré alfabetização completa, autonomia, comportamento, conhecimento de mundo, e alfabetização na primeira infância. Na segunda infância, autonomia, fala, leitura, escrita, interpretação de textos, autonomia, comportamento, socialização. www.montessoridaycare.com.br

Simone Galvão de França Uma vida toda de parceria, projeto e família.

6 visualizações0 comentário