Buscar

Síndrome de Down e a Neuroplasticidade

Na Síndrome de Down existe uma deficiência intelectual - que não deve ser confundida com deficiência mental, que é quando a questão psicológica é prejudicada - de grau variável. Pessoas com Down têm uma neurogênese limitada, ou seja, sua massa cerebral é naturalmente reduzida em relação à média. "A quantidade de neurônios é limitada por fatores primários, que estão relacionados ao metabolismo de alguns aminoácidos", explica Dr Zan Mustacchi. Ele faz uma analogia com árvores para tornar o conceito mais claro. Imagine que os neurônios de pessoas comuns são como mangueiras, que crescem verticalmente e também horizontalmente, já que os galhos e ramos continuam se expandindo. Agora imagine que os neurônios de um indivíduo com Down são como pinheiros, que também crescem, mas não tem a mesma amplitude lateral. “Quando juntamos várias mangueiras, os ramos se entrelaçam, formando conexões amplas que são sinapses. Com os pinheiros essas conexões não são tão abundantes”, explica Mustachhi. Isso faz com que alguns processos congnitivos possam ser prejudicados e precisem de uma força extra para se desenvolverem. Normalmente, encontram-se alterações nas áreas: pré-frontal (que ministra habilidades cognitivas), temporal (ligada audição), hipocampal (memória) e occitocerebelar (acuidade visual). O que também ajuda a explicar alguns dos problemas mais frequentes nessa população. Dr Zan Mustacchi em entrevista a Revista Crescer.

É exatamente por esse motivo que trabalhar estímulos desde os primeiros meses de vida com planejamento e de forma adequada, em especial na primeira infância faz toda a diferença nessa população.

Estimulação essencial, pré alfabetização, alfabetização, Autonomia, conhecimento de mundo, bilinguismo, música, linguagem Oral e Gráfica aumentam a neuroplasticidade trazendo oportunidade para essas pessoas e com a oportunidade eles podem melhorar a saúde, a auto-estima e serem inclusos em sociedade com mais sucesso.

Dê a oportunidade e vamos construir uma inclusão com Paz, educação de qualidade para todos!

Então está comprovado, quanto maior o estímulo, melhor é o desenvolvimento!

Professores e pais, vamos estudar para ajudar?

Venham conosco!

www.Montessoridaycare.com.br

Texto e pesquisa: Simone Galvão de França

795 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo