Buscar

Estamos cansadas, papai ajude!

Relacionamento abusivo não é somente agressão física. Tem outros tipos tão prejudiciais quanto! Eu não sou metida a feminista, mas nas minhas andanças pelo Brasil por conta do meu trabalho, ando assistindo homens sugando suas companheiras, alguns são parasitas sangue sugas e o sofrimento dessas mulheres está estampado no rosto cansado e no leve sorriso apagado que por vezes surge em meio a uma piada. Mães de crianças com deficiência que já tem tantas preocupações, tantos afazeres e estão nitidamente sobrecarregadas com terapias, médicos, preocupações com a escola e o desenvolvimento global dos seus filhos amados, muitas vezes se deparam com pais ausentes mesmo quando presentes. Pais que dizem, " larga mão de ser exagerada, a criança ta bem, ta crescendo bem! " Eles continuam chegando do trabalho, comendo, deitam no sofá e relaxam vendo seu programa favorito, isso quando trabalham! Não conseguem enxergar que se a criança está desenvolvendo tem muito trabalho suado por trás! Nas terapias e médicos, são motoristas, não perguntam nada para as terapeutas e médicos, não raramente ficam no celular, claro, esperando que a mãe anote tudo e ouça as orientações, pq ela mesmo que fará sozinha não é mesmo? Muitas vezes eles não conseguem visualizar que essa criança está crescendo e ainda muito dependente da mãe, com 5, 10, 15 anos ou mais, a mãe já está a anos atendendo casa, comida, roupa, trabalho, crianças e por fim ainda marido, que é crescido mas usufrui e exige de atenção e carinho, além de exigir que a mulher ainda tome conta de todos os cuidados da casa sem ajudar em nada! Faço aqui um apelo aos homens, companheiros dessas guerreiras e que por algum motivo ainda não perceberam o quão pesado está a vida de sua companheira. Abram os olhos, o coração e a mente. Ela quer namorar com vc, ela deseja sair, estar de bom humor, ela quer ver televisão aos domingos a tarde, ela deseja jantar com as amigas para apenas relaxar e dar risadas, ela também quer viver e ser feliz. Fique com as crianças para que ela possa estudar, se divertir, relaxar, ficar bonita, quando ela estiver na rua, não fique ligando desesperado para que ela volte logo, vc é o pai, dê conta! Ajude nas terapias e nos estudos para ensinar a sua criança em casa, pergunte tudo, participe e execute em União da educação das crianças. Ajude sem ela pedir na organização da casa. Ensine também seus filhos na cultura de ajudar a sua esposa e respeitá-la, ela é humana! As mães estão ficando doentes, estão com depressão, com Síndrome do pânico, com humor prejudicado, estão sobrecarregadas. Se vc pai, já faz tudo isso, parabéns. Se vc ainda não faz, alimente em vc a decisão de fazer, pq as mães fazem falta e se elas se vão, o mundo colorido que existia ficará cinza pela sua ausência e pela falta de um dos alicerces da casa, que é o carinho e o amor Maternal insubstituível em todos os aspectos. Sejamos empáticos Sejamos unidos no propósito de sermos felizes. Texto: Simone Galvão de França www.montessoridaycare.com.br

40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo